Não é novidade nenhuma que a música é uma ferramenta muito importante para quem quer aprender uma língua estrangeira. O que quase ninguém explica para você é COMO isso pode ser feito!

Como aqui na Fisk a gente não brinca em serviço na hora de ajudar as pessoas a falarem inglês ou espanhol, vamos dar dicas para você fazer da música um recurso que vai ajudar você de verdade, não só na teoria.

Antes de mais nada, uma sugestão fundamental: escolha músicas que você gosta!

 

Dica 1 - Aprenda a música em partes

Não tenha pressa! A memorização de uma letra de música não é fácil. Quando você lê os versos da música, acaba memorizando tudo o que está lá dentro: os artigos, os substantivos, os verbos... O pacote vem inteiro, mas todas essas “partículas” vão sedimentar lá na sua mente.

Procure a letra em sites especializados e comece com um verso. Depois vá para o outro. Apenas quando você achar que está realmente bem em um trecho, vá para o seguinte!

 

Dica 2 - Cante!

Em voz alta, tente o máximo possível reproduzir a pronúncia que o cantor imprime na música. Não tenha vergonha de mexer bem os lábios, de colocar a língua nos dentes quando for fazer o som de “th” e de soltar a voz. Com as músicas que você gosta, isso vai se tornar cada vez mais natural.

 

Dica 3 - Use o Youtube

No Youtube você tem a vantagem de ter tudo junto: imagem e som. Com isso, vai ter mais chances de encontrar um “lyric video”. Aí, você terá a oportunidade de ver a letra da música enquanto o som aparece, sincronizadamente e o melhor: dando um empurrãozinho com o uso da sua memória visual.

 

Dica 4 - Tente com cantores diferentes

Aprender uma língua também significa que o seu ouvido vai estar mais preparado para entender os sons com diferentes entonações para uma mesma palavra. Portanto, quando você for escolher a sua playlist para treinar, procure cantores e cantoras diversos. Você vai notar que talvez tenha mais facilidade com um ou com outro, mas isso não deve ser um impeditivo. Comece pelo que parecer mais fácil e depois vá para o mais difícil.

O sotaque também pode interferir nas suas percepções: algumas pessoas têm mais facilidade de entender o sotaque britânico, enquanto outras preferem a sonoridade dos cantores americanos. Não tenha medo de experimentar!

 

Dica 5 - Use o dicionário sempre que precisar

Não confie nas traduções que você encontra por aí na internet. Nem sempre elas conseguem chegar ao significado mais correto das letras. Sempre consulte as palavras que não conhece no dicionário e pesquise as expressões idiomáticas nos sites de busca. Isso vai fazer toda a diferença na hora de internalizar o que cada verso significa!

 

Dica 6 - Treine

Não adianta aprender a música toda e deixar para lá dois dias depois. Cante a música que você aprendeu sempre que der. Pode ser no banho, pode ser na hora em que você estiver sozinho em casa... ou até para o seu bichinho de estimação! Você vai perceber que, mesmo depois de um certo tempo, ainda conseguirá descobrir novas interpretações para o versos e que as palavras vão fluir com mais e mais facilidade.

 


Vem pra Fisk!

A Fisk tem um método de ensino que vai ajudar você a aprender ainda mais rápido, com o auxílio do Cyber Fisk, nossa plataforma gamificada com conteúdos divertidos e interativos. Saiba mais sobre nossos cursos e procure nossa unidade mais próxima!