Uma das primeiras coisas que aprendemos nas aulas de inglês é a diferença entre house e home. As duas palavras podem ser traduzidas como casa, mas house refere-se à estrutura física e home tem o sentido de lar, pode ser uma casa, um apê, um studio...

Só que a língua, na prática, está em constante transformação e, assim como acontece com o português, o inglês também tem palavras que, faladas no dia a dia, saem de seu uso convencional.

Esse é o caso de place, que, em sua tradução mais simples, significa lugar. Mas place também pode ser usado informalmente com um sentido semelhante a home.

 

 

Parece confuso, mas ao praticar e ganhar fluência, você passa a perceber esses detalhes. Na próxima vez em que estiver maratonando aquela série favorita, assistindo a um filme, lendo o seu livro predileto em inglês, ou até mesmo viajando e vivenciando essa experiência presencialmente, perceba se alguém usa uma dessas três palavras e o contexto em que ela é usada.

Tornar-se fluente em um idioma é, além de saber as regras básicas de gramática, entender como elas acabam se adaptando na prática e estar pronto para perceber isso. 😉

 


Vem pra Fisk!

O estudo de um idioma vai além dos livros e da sala de aula. Na Fisk, além de aulas dinâmicas, material moderno e professores antenados, você conta com a ajuda do Cyber Fisk, nossa plataforma gamificada com conteúdos interativos para você aprender mais rápido e de maneira divertida! Saiba mais sobre nossos cursos e procure a unidade mais próxima.